Motoboy Lapa SP 24 Horas

Motoboy Lapa SP 24 Horas – atende com motoboy, carro, furgão ou caminhão 24 horas.

Retiramos e entregamos com muita rapidez, responsabilidade com a mercadoria, gerando uma confiança entre nosso cliente e seu prestador de serviços de motoboy

Ligue em nossa central (11) 2741-6106

Motoboy Lapa SP 24 Horas

Motoboy Lapa e região norte e oeste

Motoboy 24 horas (11) 2741-6106

Sobre o Bairro Lapa

Origem: Wikipédia

A Lapa é um bairro nobre, com um dos melhores IDH de São Paulo, faz parte do distrito da Lapa, na cidade de São Paulo, no Brasil. É administrado pela Subprefeitura da Lapa. Também é conhecido como “Centro da Lapa”, pois possui fortes características comerciais. Oferecemos o serviço de motoboy na lapa.

História do Bairro Lapa

No ano de 1561, há evidências de que os jesuítas ganharam uma sesmaria na região. O terreno era banhado pelo Rio Emboaçava, atual Rio Pinheiros. A região foi batizada de “Emboaçava” que significa “lugar por onde se passa” pelos índios Goitacases.

Em meados do século XVIII, uma propriedade da região se destacava: a Fazendinha da Lapa, que recebera este nome devido ao fato de os jesuítas terem sido obrigados a realizar uma missa anual a Nossa Senhora da Lapa em troca das terras. Por volta de 1743, os religiosos abandonaram o local devido ao seu terreno acidentado e à falta de mão de obra, se mudando para a Baixada Santista[1].

No final do século XIX, chegaram, ao bairro, famílias de diversas nacionalidades. Destacavam-se os tiroleses, vindos do norte da Itália e que eram agricultores. Anos mais tarde, vieram outros italianos, vindos da região de Veneza. Houve, também, imigração portuguesa, espanhola, francesa e sírio-libanesa. Estes eram comerciantes, profissionais liberais, artesãos, sapateiros ou alfaiates. A influência italiana no bairro é muito significativa, tanto que alguns logradouros do bairro têm designações que fazem referência à Itália, e ao Império Romano, tais como: Roma, Coriolano, Cipião, dentre outros.

No século XX, o bairro se tornou industrial. Através da construção da Estrada de Ferro São Paulo Railway e de suas oficinas, houve a implantação de indústrias como a Vidraria Santa Marina e os frigoríficos Armour, Bordon, Swift e Wilson. Estes estabelecimentos trouxeram operários e técnicos ingleses, croatas, lituanos, poloneses, russos e húngaros (do então Império Austro-Húngaro e fundadores da chamada “Igreja do Galo” na Rua Domingos Rodrigues), que passaram a ser moradores do local e da Lapa de Baixo. As indústrias baseavam-se na proximidade com o Rio Tietê, multiplicando-se ao longo dos anos.